Palavra da Provincial

    150 anos do nascimento do Venerável Padre Giocondo Pio Lorgna

    - Quem foi Giocondo e algumas de suas virtudes:

    Padre Giocondo foi um homem com grandes virtudes que marcou sua época e continua sendo luz para os nossos dias  na missão.

      Conhecedor de si mesmo era acolhedor, capaz de perdoar, era paciente, caridoso, homem de respeito e sabedoria no contato com as pessoas; era coerente nas palavras e sabia amar indistintamente. Como disse um pensador: "A maior virtude de um homem é saber amar, o mais são complementos da vida”.

      Giocondo Pio Lorgna, sacerdote dominicano, nasceu em Popetto de Tresana – Itália, no dia 27 de setembro de 1870. Em 1905 foi-lhe confiada a Paróquia de Ss. João e Paulo em Veneza. Em 1922 teve a alegria de receber do Patriarca de Veneza a aprovação da Congregação por ele fundada: as Irmãs Dominicanas da Beata Imelda que dão continuidade ao seu carisma, centrado na Palavra e na Eucaristia e a sua predileção pelas crianças e jovens.

    - Sua grande paixão e missão na Igreja e no mundo:

      A Eucaristia é o centro da sua espiritualidade; Como ele mesmo nos disse: "O tesouro de vocês é a Eucaristia”. E ainda como afirma Santo Agostinho, doutor da Igreja: "Não somos nós que transformamos Jesus Cristo em nós, como fazemos com os outros alimentos que tomamos, mas é Jesus Cristo que nos transforma nele”. Assim viveu Giocondo bem unido com Jesus e anunciando cada dia o seu Reino Eucarístico entre os pobres. Foi um apóstolo, um missionário muito animado e de grandes horizontes, que acolheu as necessidades do seu tempo e as enfrentou com os recursos da fé e do amor cristão. Giocondo é o homem da Palavra, da oração e da caridade! Como São Domingos de Gusmão, que contempla a Virgem do Rosário, ele vê e nos apresenta a Beata Imelda como um excelente modelo de amor eucarístico.

    - Seu legado para nós:

      "Amar e fazer com que os nossos irmãos e irmãs também conheçam e amem a Jesus Eucaristia”. Somos chamadas a fazer a experiência de conhecer, amar e anunciar Jesus no mundo onde estamos inseridas. Como disse o teólogo padre Benjamim Aguire; "A pessoa Consagrada se compromete a representar a Cristo presente; Fazer que se sinta a presença do que está presente. Ser sinal da presença de Cristo”.

      Hoje a Congregação continua presente e respondendo os apelos de Deus na Itália, Brasil, República dos Camarões, Filipinas, Albânia, Bolívia, Indonésia e México.

      Maria, Mãe das vocações, rogai por nós!


TRANSPARÊNCIA Copyright © 2014 VIVERE