São Martinho de Porres

    Martinho era filho de um nobre espanhol e de uma escrava liberta. Nasceu no Perú, em 1579. No início de sua juventude aprendeu o ofício de auxiliar de barbeiro, que naqueles tempos incluía certos predicados de enfermagem. Em 1603, entrou para a Ordem, no convento de Nossa Senhora do Rosário, em Lima. Não tendo estudos, fez a profissão religiosa como irmão cooperador. Religio so humilde, piedoso, caridoso, amava cuidar dos enfermos, fazer o serviço caseiro do convento. Tinha grande predileção pelos animais domésticos. Praticava com perfeição o jejum e a abstinência de carne prescritos pelas Constituições da Ordem. Conviveu na cidade de Lima com grandes santos: São Turíbio de Mongrovejo, arcebispo da cidade, São Francisco Solano, Santa Rosa de Lima e São João Macias. Morrei a 3 de novembro de 1639. O Capítulo Geral da Ordem o proclamou patrono dos irmãos cooperadores, e o Papa João XXIII o canonizou a 5 de maio de 1962. Martinho é popular nas duas Américas. Não apenas exerce a atração que sempre exerceram os pequenos, quando o Senhor os quis glorificar, mas sua pessoa constitui um símbolo.

Copyright © 2014 VIVERE