DIVINO PAI ETERNO

     

    Romaria do Divino Pai Eterno 2017

     

                      Tema da Festa

     

                 O maior evento religioso do Centro-Oeste, o segundo do país, e a maior festa do mundo dedicada ao Divino Pai Eterno, traz, este ano, o tema “Maria: serva fiel e humilde ao Divino Pai Eterno”. A escolha foi inspirada na celebração do Ano Nacional Mariano proclamado pela Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB), em comemoração aos 300 anos do encontro da imagem de Nossa Senhora Aparecida, no Rio Paraíba, em São Paulo.

                     Além disso, o tema está em comunhão com a Igreja em todo o mundo, que celebrou, em maio de 2017, o centenário das aparições de Nossa Senhora aos três pastorinhos, em Fátima, Portugal.

     

                     Cronograma

     

                  A expectativa é que, durante os dez dias de festividades, mais de 2,5 milhões de pessoas visitem Trindade/GO para deixar suas orações e agradecimentos ao Pai Eterno. A programação envolve a realização de 115 missas, 45 novenas, 11 procissões e 30 orações do terço, além de centenas de batizados e confissões, alvoradas e vigílias.

                   Entre os eventos especiais, estão: 2ª Romaria da Juventude Redentorista, 3ª Romaria da Vila São Cottolengo, 3ª Romaria da Polícia Civil, 4ª Romaria da Solidariedade, 11ª Romaria da Família Franciscana, 14ª Romaria da Arquidiocese de Goiânia, desfile e Missa dos Cavaleiros e Muladeiros, Missa dos Foliões, desfile dos carros de boi e Missa dos Carreiros e os eventos no dia da grande Festa.

     

                 História da devoção

     

                    Com mais de 170 anos, a devoção ao Divino Pai Eterno em Trindade/GO teve início por volta de 1840. A história narra que o casal Constantino e Ana Rosa Xavier encontrou, enquanto trabalhava na lavoura, um Medalhão de barro, de aproximadamente 8 cm, com a estampa da Santíssima Trindade – Pai, Filho e o Espírito Santo – coroando Nossa Senhora. Beijaram a Imagem, levaram-na para casa e a notícia rapidamente se espalhou, juntamente com uma sucessão de milagres.


    Extraído do Jornal semanal "O Encontro" da Arquidiocese de Goiânia

Copyright © 2014 VIVERE