Beato Bartolo Longo

    Tendo nascido em Latiano, Bríndisi, itália, em 1841, Bártolomeu Longo teve uma juventude distraída por ambições irrequietas, mas recuperou  seu  entusiasmo  religioso  estabelecendo-se  em  Nova Pompéia,  mísero  lugarejo  nas  proximidades  do  Vesúvio,  onde criou um Centro de renovação da sociedade sob a proteção de Nossa Senhora do Rosário. Em 1876 fundou a Confraria do Rosário e lançou a primeira pedro do futuro Santuário, que veio a ser um grande Centro de difusão do Rosário de Nossa Senhora, lugar de peregrinações e de verdadeiros milagres. Com o passar do tempo, Bartolomeu construiu um Educandário para os filhos de encarcerados e Oficinas tipográficas, promovendo o conhecimento de Nossa Senhora do Rosário e da Ordem Dominicana. Editou livros com a finalidade de fortalecer a fé e a justiça social. Em vida de castidade, casou-se com a viúva Ana Farnararo, que foi sua grande colaboradora. Faleceu a 5 de outubro de 1926. Foi beatificado por João Paulo II em 1980.

Copyright © 2014 VIVERE