São João de Colônia

    Juan Heer, testemunha da verdade católica e da caridade pastoral, nasceu na Alemanha em princípios do século XVI. Era filho do convento de Colônia e pediu com insistência a seus superiores que o deixassem ir à Holanda para ajudar aos católicos que se encontravam sob a dura perseguição calvinista.


    Ali era pároco da igreja de Hornaer quando, capturado pelos hereges, sofreu o martírio sendo enforcado fora da cidade de Briel do Mosa, ao sul da Holanda, por volta de meia-noite entre os dias 8 e 9 de julho de 1572, junto com outros quatro sacerdotes seculares, 14 religiosos (11 franciscanos, 2 premonstratenses e um agostiniano) procedentes em sua maior 134 Julho parte da vizinha cidade de Gorkum. Todos morreram por defender a verdade católica sobre a Eucaristia e o primado na Igreja do Romano Pontífice. Seus corpos foram esquartejados. O corpo de São João se venera desde 1618 na Igreja dos franciscanos em Bruxelas. Clemente X o beatificou solenemente junto com seus companheiros a 24 de novembro de 1675- Pio IX os canonizou a 29 de junho de 1867.

Copyright © 2014 VIVERE